HISTÓRIA

A evolução da luta de braço
no Brasil

A modalidade Luta de Braço teve a sua primeira inclusão oficial como prática esportiva na Confederação Brasileira de Culturismo em 1977, entidade que administrava 3 modalidades: Fisiculturismo, Levantamento Básico de Potência e a Luta de Braço, onde foi administrada por esta entidade até 1987, partindo deste ano surgiu um movimento para que cada uma destas 3 modalidades criasse sua própria entidade de administração, esta tentativa era necessária pois uma entidade eclética como a do Culturismo tinha muitas dificuldades em administrar e ter recursos para 3 modalidades distintas.

Foi então, que neste ano foi fundado a Federação Paulista de Luta de Braço (Primeira Federação de Luta de Braço), fundada em 1987, na cidade de Campinas, por iniciativa do Sr. Nivaldo F. Cerqueira, Lazaro Washington de Oliveira, Sr. Humberto Panzetti e Paulo Rogerio de Oliveira Sabioni, federação esta, que coordenou a modalidade até 1994, e somente em 27 de agosto de 1994 foi fundada a Confederação Brasileira de Luta de Braço (C.B.L.B.), graças a ‘Lei Zico’.

A C.B.L.B. foi fundada na cidade de Indaiatuba pelos senhores Humberto Panzetti, Nivaldo Felix Cerqueira, Paulo Rogerio O. Sabioni, Lzaro Washington de Oliveira e Gilberto Felix de Cerqueira, grupo este que formou a primeira diretoria da confederação.

Com a criação desta entidade, a Luta de Braço Brasileira tornou-se forte no cenário internacional, tendo vários de seus membros em cargos na W.A.F (World Armwrestiling Federation), atualmente o Sr. Humberto Panzetti é vice-presidente da W.A.F, entidade que agrega 117 países.

A C.B.L.B. é única responsável pela Luta de Braço no território nacional, estando filiada a ela os estados: Acre, Alagoas, Amazonas, Bahia, Gois, Maranho, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piau, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Espirito Santo, Ceara, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins. Desta forma, a modalidade vem conseguindo resultados rápidos e ampliando o número de participantes e de federações.

Atualmente, temos cerca de 17 mil filiados em todo o país, conseguindo assim aumentar em muito a sua popularidade. A última das fronteiras a ser conquistada, é fazer desta modalidade um esporte olímpico e paraolímpico. Para isso, os mais de 117 países filiados a W.A.F vem trabalhando para que esse sonho um dia vire realidade.

1994

Foi fundada a Confederação Brasileira de Luta de Braço (C.B.L.B).

1987

Foi fundada a Federação Paulista de Luta de Braço, na cidade de Campinas.

1977

Inclusão oficial da luta de braço como modalidade esportiva.